Pokémon Go Morreu?

Pokémon Go Morreu?

Embora o título seja enfático, o presente artigo irá mostrar como conseguir uma longevidade maior no game que completou dois meses que foi lançado no Brasil e teve uma queda significativa no número de players ativos. Isso se deve por alguns fatores e serão explicitados no decorrer do texto.

Afim de contextualizar, sabe-se que Pokémon completou 20 anos em 2016, sendo uma das franquias de jogos que apesar de sua fórmula em “essência” ter sido a mesma durante anos, sempre cativou e conseguiu ganhar fãs pelo mundo todo, se reinventando a cada geração, sempre trazendo novos personagens, Pokémon e mecânicas de jogo.

pokemon

Desde o lançamento de Pokémon Red/Blue e posteriormente Yellow, que trouxeram consigo uma dinâmica totalmente nova para os jogos de RPG, sendo eles a liberdade de escolher seus companheiros e montar todo moveset de seus personagens na Party, inovou no quesito de fazer com que os jogadores tenham uma maior interação entre eles, por meio do sistema de trocas e batalhas entre os monstrinhos de bolso, tendo um sucesso estrondoso.

gameboy-link-cable

 Vale ressaltar que na época desses games (meados de 1995/96), a internet não era algo tão difundido e amplo como nos dias atuais, fora a necessidade de se ter um console + cartucho, na época, eram pouco acessíveis em termos econômicos para muitas crianças aqui no Brasil e mesmo assim teve um grande alcance, hoje em dia tudo isso foi facilitado com o advento da era informacional.

Eis que no advento da high tech, maioria possuem smartphones, surge Pokémon Go, com uma proposta muito interessante com seu sistema de geolocalização aliado à realidade aumentada, criando uma hype tremenda entre os fãs da franquia. O jogo foi muito esperado, fãs sempre bombardeando o Twitter e a Página da desenvolvedora Niantic até o presente lançamento do mesmo em terras Tupiniquins,era sinônimo de total sucesso.

vrg_tec_039_pokemon_go-0-0

Assim como todo jogo em seu lançamento, o furor e a curiosidade fizeram muitos baixarem o game e correrem para as praças com Lure e Pokéstops, estas por sua vez, viviam lotadas. Acontece que com o passar do tempo, o jogo começou a tornar-se desinteressante para maioria dos jogadores, seja pelo fato das suas cidades não terem Ginásios, Pokéstops e variedade de Pokémon, seja pela repetição e a falta de novos atrativos para prender a atenção dos jogadores.

Acontece, que o jogo foi liberado por pressão contratual da Pokémon Company em relação à Niantic, pois além de ser aniversário da franquia, a evidência de Pokémon faria uma bela estratégia de Marketing para os novos jogos que serão lançados em breve, Pokémon Sun e Pokémon Moon. E nesse sentido, o que temos em mãos hoje, é um jogo em fase pré-beta, com vários bugs e necessidade constante de atualizações, o que nos leva a crer que o game foi lançado antes de estar pronto. Isto é ruim? Definitivamente não, o jogo fez sucesso, entretanto não está conseguindo se manter.

Mas em qual quesito Pokémon Go errou?

Segundo os relatos de vários jogadores, existem alguns aspectos que barram a progressão do mesmo, um deles é a quantidade abusiva e absurda de pontos de experiência para aumentar o nível do seu personagem no jogo, tornando o mesmo repetitivo e maçante.

Outro quesito é o sistema de captura de Pokémon, o Spawn de Pokémon raros são extremamente limitados em alguns lugares, sendo sua taxa de captura mínimas, quem jogou a série clássica, está acostumado a enfraquecer o Pokémon, criar uma estratégia para ele não fugir ou desmaiar, para em seguida captura-lo, o que não acontece em Pokémon Go, a captura se baseia, pura e simplesmente em: sorte. Não adianta, conseguir um arremesso com curva + ultra ball + razz berry + excellent, e ele simplesmente foge, muito trabalho à toa.

Que somado ao sistema de “tracking” (rastreamento) confuso, torna a experiência ainda mais frustrante, pois Você precisa se virar para achar um Pokémon próximo em um curtíssimo espaço de tempo sem a menor noção de onde está a localização “aproximada” do mesmo.

wdohzon

O sistema de batalhas de ginásios é outro ponto a se destacar, a mecânica em um primeiro momento é até interessante, porém, começa a se desgastar com o passar do tempo, pois descobre-se que é mais simples tomar um ginásio do que fortalecer o mesmo (mudança que está vindo em uma próxima atualização e esperamos que melhore).

Além do fato de que, é muito raro conseguir Pokémon com IVs acima de 90% e ainda ter que contar com a sorte novamente de ao evoluir que ele saia com o moveset próprio para batalha, sendo que na franquia principal o charme do jogo é o jogador pensar nos movesets e montá-los de acordo com suas estratégias. E mesmo ao consegui-lo, após várias tentativas frustradas, montar um Pokémon com IVs perfeitos e Moveset para batalha, o seu ginásio pode ser tomado por um jogador com Pokémon com IVs super baixos, sem qualquer tipo de estratégia, toda sua dedicação é jogada por água abaixo.

Outros fatores que se destacam são:

  • Os jogadores com Fake GPS também atrapalham a experiência dos outros jogadores, e a Niantic não sabe nenhuma maneira efetiva de como barrar isso (embora com a nova atualização barrou os BOTs);
  • Sem o sistema de trocas, fica impossível completar a Pokédex;
  • E por fim, e não menos importante, a ausência dos Pokémon “lendários”.

O jogo está passando por uma série de atualizações, esperamos que eles melhorem tais mecânicas a fim de deixar o jogo mais atrativo, mas nem tudo é ruim no jogo, ele tem um belo potencial, e vamos descobrir agora como manter ativo nele, mesmo com todas essas intempéries.

Pra quem quer se manter ativo no jogo, vai alguns objetivos para deixar o jogo mais interessante:

  • Conseguir Pokémon com IVs acima de 95%, sim são difíceis, mas não é impossível;
  • Novas gerações virão e alguns Pokémon vão se tornar muito raros, e também alguns Pokémon vão ter evoluções, como Seadra, Scyther, Onix, Porygon, Chansey, Golbat, é um belo objetivo já ir coletando os candies para não sofrer depois, pois se alguns desses já são raros agora, imagina quando lançarem a geração 2;
  • Capturar o máximo de Pokémon disponíveis na sua região, sendo no Brasil 141, em algumas localidades é praticamente impossível, sabemos, mas aí tá um desafio a ser cumprido para completar nossa “Brasil Dex”;
  • Evoluir o máximo possível de nível, mesmo sendo dito que é difícil, o objetivo de chegar no nível 30 é um belo feito;
  • Completar todas as conquistas “Badges (Medalhas)” presentes no game, logo mais sairá uma nova atualização que vai deixar esse objetivo ainda mais interessante, pelo fato de facilitar o catch rate de alguns Pokémon, então que tal fechar todas as conquistas, é difícil mas não é impossível!

Esperamos que Pokémon Go se mantenha, mesmo com o lançamento do Pokémon Go Plus, e com os novos sistemas que virão a caminho o jogo precisa dar mais incentivos aos jogadores, a atualização mais urgente e necessária é o sistema de Tracking/Rastreamento, vai tornar o jogo mais atrativo (ainda mais agora com a queda dos sites e APPs de busca e rastreamento), aliado ao sistema de trocas e PVP (Player VS Player), o que vai deixa-lo mais dinâmico e instigante. Em uma entrevista recente, John Hanke, explicou que vão reabrir as solicitações para novos Pokéstops e Ginásios nas cidades interioranas. Enfim, o jogo tem muito potencial, e a Niantic vai ter que correr atrás do prejuízo para não deixar o interesse cair, pois é uma pena ver um jogo tão interessante ir morrendo aos poucos.

Gostaríamos de saber sua opinião!

 

Deixe uma resposta