Pokémon GS no Virtual Console – Old but GOLD!

 

 

Os títulos da segunda geração, que herdariam o manto de Kanto, foram lançadas em 1999 no terra do sol nascente, e deram suas graças na terra do Tio Sam um ano depois.
Os jogos, como bem sabem, se passam à oeste da região apresentada no game anterior e trouxeram uma série de inovações em relação à seu antecessor das quais algumas se mantém até hoje, sendo muito delas fundamentais para a estrutura do jogo em sua vertente orientada à competição e role play.

Estamos entrando na reta final para o relançamento de Pokémon Gold e Pokémon Silver em suas versões para Virtual Console, logo, uma ótima época para puxar do fundo da ‘bag’ as lembranças desses jogos que marcaram toda uma geração durante os anos 2000.

Resultado de imagem para pokemon GS

 

De um play e curta a abertura do anime referente à região Johto na versão estadunidense (Intérprete: PJ Lequerica. Compositores: John Loeffler e John Siegler)

Ou ainda…a versão em PT-BR

Ou….para quem assistiu o filme no cinema. A versão do terceiro filme

Créditos aos artistas (caso saibam quem são, favor me informar)

 

Inovações

Como a letra da abertura estadunidense já entrega -It’s a whole new place, with a brand new attitude- Pokémon Gold e Silver trouxeram uma série de novos recursos e vários persistem até hoje, e alguns são muito bem quistos, tanto por quem prefere a competição do jogo ou apenas apreciar as mecânicas disponíveis. São elas:

  • Separação do Special em Special Attack e Special Defense.
  • Ciclos do dia referenciados, isto é, o bom e velho Dia & Noite.
  • A semana passou a ser contabilizada. Afinal, era muuuito divertido ficar esperando até chegar na sexta-feira in game para poder encontrar um Lapras.
  • Pokémon macho e fêmea alem de Nidoran, e formas de explorar essa diversidade (Attrack por exemplo).
  • Com a definição de macho e fêmea, foi implantada também a mecânica de procriação, o famoso BREED (e com ela a possibilidade de manipular os atributos dos Pokémon que nasciam) – Ditto…meus pêsames…….
  • Vários Pokémon novos foram adicionados à fauna, e dentre eles estavam alguns como Elekid, Togepi e Pichu. Os estágios pré evoluídos da geração original- os Baby Pokémon- mesmo depois de quase 2 décadas de seu debut, ainda fazem sucesso com o público, sobretudo aquele que tende mais para o lado fofo e de rpg da franquia.
  • Novas evoluções vieram, apresentando power houses que se destacam até hoje: Scizor, Porygon2 e Blissey.
  • A mecânica de Happiness/Friendship veio para ficar, não apenas adicionando ao fator RPG do jogo, mas também impactando em evoluções e ataques.
  • Formas de evolução completamente novas surgiram. Como a troca + item, novas pedras evolutivas e a baseada em período do dia. Espeon e Umbreon são ótimos exemplos.
  • A possibilidade de portar itens é algo praticamente inimaginável de se viver sem hoje em dia.
  • Uma infinidade de novos itens e os mais diversos efeitos foram adicionados. Potencializar um determinado tipo de ataque, restaurar um pouco de HP ao final da rodada, inclusive aumentar a chance de um acerto critico, são bons exemplos.
  • Os Pokémon de cores diferentes e brilhoso, os Shiny, tem debut in game nesta dupla de títulos.
  • 2 novos tipos foram adicionados à cartela. Steel e Dark.
  • Novas Pokéball tendo cada uma sua característica unica.
  • Pokémon lendário de encontro não estacionário. Chato, mas é incrível no quesito RPG.
  • Uma barra de experiência, permitindo o acompanhamento prático do processo de level up dos monstrinhos.
  • A possibilidade de se aventurar por duas regiões é muito querida. Ainda mais com a segunda trazendo toda uma nostalgia do jogo anterior ao não apenas cita-la, mas também implementa-la e reformula-la em uma experiencia familiar, mas ainda diferente ao jogador.

EXTRA: O irmão mais novo de Gold e Silver também teve suas novidades, a versão Crystal nos trouxe, entre outras coisas:

  • Possibilidade de jogar com um avatar feminino.
  • Sprites dos Pokémon com animação.
  • A primeira instalação controlada por AI direcionada a realmente colocar o jogador -ou paciência dele, melhor dizendo – à prova. A Battle Tower.
  • O glorioso Dratini com Extreme Speed.

Ele não foi anunciado sendo lançado para Virtual Console. Mas…..quem sabe? 😀

Resultado de imagem para dratini extreme speed

 

 

 

Virtual Console

Com Pokémon Gold e Silver sendo disponibilizados ao Virtual Console, isso implica na interação com o PokeBank, dessa forma, monstrinhos podem ser enviados para os títulos atuais. Esse fato permite um leque de possibilidades, como por exemplo:

  • Pokémon nos títulos antigos não possuíam habilidades. Se a mecânica de Hidden Ability vigente para a GenI também se aplicar à GenII, sera possível obter as Bestas Lendárias (Raikou, Entei e Suicune) com suas H.As.
  • Idem ao anterior, Lugia e Ho-Oh shiny com suas Hidden Ability respectivas se tornarão legais (oficialmente falando).
  • Mew teve um evento direcionado à GenI no Virtual Console. É coerente supor um evento de Celebi para GS(VC). Será que finalmente teremos o Celebi deixando de ser Shiny Locked ou ele continuará esquecido junto da GS Ball? Provavelmente sera a segunda opção…mas, esperança esta sempre zanzando por ai.

    Resultado de imagem para celebi shiny
    Créditos ao autor Deviantart: https://amadere.deviantart.com/art/PKMN-Celebi-596578508

Non

O pepino mais alegre desde lado da floresta de veridian

Deixe uma resposta